sábado, 30 de janeiro de 2010

Dar a mão à palmatória

Depois de ter inserido a "nota" abaixo apercebi-me que ela já tinha sido desmentida pelo Governo da RDTL. Ainda bem que a "negociata" propagandeada pela empresa chinesa não passa, pelos vistos, de uma manobra disso mesmo: propaganda da empresa.
Mas que convinha esclarecer melhor os papéis de alguns dos agentes envolvidos na "negociata", isso convinha... Até para que situações semelhantes deste tipo não se repitam e prejudiquem a imagem de entidades públicas timorenses, "maxime" o próprio Governo.
As minhas desculpas aos leitores.

2 comentários:

Anónimo disse...

Ora então com muitos pensamentos... mas sem grandes comentários, uma curta pergunta: será que a Comissão Anti-Corrupção poderá investigar e analisar "as negociatas" de outros tempos? Não tem efeitos retroactivos?

Das que se realizaram e das que ficaram a meio-do-caminho. Das presentes e futuras "negociatas" se espera, como é óbvio, total transparência.

É bom constatar que quando se cometem erros, eles sejam reconhecidos e emendados. Bom seria também que sempre assim fosse.

voluntariado.stb disse...

Visite e participe no nosso blog. Nós agradecemos :)